Polícia de AL encontra servidora desaparecida há um ano

A Polícia Civil de Alagoas informou hoje que localizou a servidora pública Maria Valéria Marinho Maia, de 48 anos, que estava desaparecida há quase um ano. Funcionária da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Maria Valéria foi encontrada ontem à tarde na casa de uma amiga, no bairro Alto do Céu, em Maceió.

Agência Estado |

Na tarde de ontem, Maria Valéria prestou depoimento à delegada da Polícia Civil Luci Mônica, e disse que saiu de casa por questões pessoais e prefere não revelar os motivos.

O desaparecimento de Maria Valéria ganhou repercussão nacional, a ponto de a Procuradoria-Geral da República pedir informações sobre o inquérito que apurava o caso. Entidades de defesa dos direitos humanos e a Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB-AL) também acompanhavam o sumiço da servidora da Ufal.

Segundo a delegada Luci Mônica, as pistas sobre o paradeiro de Maria Valéria começaram a aparecer depois que uma amiga, de nome Alessandra, foi até a universidade para tentar pegar documentos da servidora. Um funcionário da Ufal comunicou o fato à polícia e Alessandra foi conduzida à delegacia-geral da Polícia Civil, onde confirmou que Maria Valéria estava em sua residência.

A polícia investiga uma versão de que a servidora estaria sendo extorquida e, por isso, resolveu abandonar a casa e o emprego. "Como ela agora foi encontrada, vamos investigar todos esses fatos para saber ao certo o que de fato ocorreu", concluiu a delegada.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG