Polícia Civil investiga homicídios de três jovens em Minas Gerais

BELO HORIZONTE - A Polícia Civil de Minas Gerais iniciou, na noite desta quinta-feira, investigações sobre os três homicídios ocorridos no bairro Jardim das Alterosas, em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. Além de informações colhidas no local pelos peritos e por agentes de polícia, o titular da Delegacia Especializada de Homicídios de Betim Luciano Guimarães, responsável pelo inquérito, vai ouvir depoimentos de familiares das vítimas e testemunhas.

Redação |

Acordo Ortográfico

Dados preliminares indicam que quatro homens, em duas motocicletas, surpreenderam os três jovens que foram atingidos por balas calibre 380. No local, os peritos recolheram cápsulas deflagradas desse calibre.

Um traficante de drogas é o principal suspeito de ser o mandante. Buscas estão sendo realizadas em toda a região a fim de localizar os envolvidos. Os corpos dos jovens foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte.

Prisões

A parceria entre os departamentos de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa e o Antidrogas, ambos da Polícia Civil, resultou na prisão de Edmilson Pereira Assunção, 26 anos, suspeito de participação nas mortes de Luis Henrique Soares, José Augusto de Jesus e Sandra Evangelista, todos com 20 anos, além da tentativa de homicídio contra Naiara Silva Vieira, de 18 anos. As principais hipóteses para a motivação do crime seriam vingança e concorrência entre grupos de traficantes.

No dia 25 de outubro, a PCMG prendeu Edson Marques Esteves, de 39 anos, apontado como o mandante da morte de seis jovens, ocorrida em 29 de julho deste ano, em Betim. Outros três homens que estão envolvidos, foram detidos dias após o crime.

Leia mais sobre: violência

    Leia tudo sobre: homicídioimlminas geraismorteprisãotraficanteviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG