Os policiais civis de Minas Gerais iniciaram hoje uma paralisação de advertência de 48 horas, segundo informações Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Minas Gerais (Sindipol/MG). A entidade afirma que a decisão foi tomada em assembleia no último dia 26 de setembro e foi feita pelo fato de o governo do Estado apenas atender parcialmente as reivindicações da categoria constante da pauta protocolada três dias depois na Secretaria da Casa Civil e na Secretária de Planejamento e Gestão em 8 de novembro.

De acordo com o sindicato, durante a paralisação será mantida uma escala mínima de 30% para atendimento dos serviços essenciais à população.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.