Polícia Civil apreende 335 kg de cocaína no Recife

Droga estava escondida em um fundo falso de um veleiro transoceânico de 44 pés de comprimento

AE |

selo

A Polícia Civil apreendeu no domingo, no Recife, 335 kg de cocaína com alto teor de pureza, na maior apreensão registrada em Pernambuco. A cocaína estava escondida em um fundo falso de um veleiro transoceânico de 44 pés de comprimento que partiria hoje para a Europa.

Foram presos o argentino Carlos Nicolas Lombardo, 32 anos, e sua namorada, a pernambucana Iasmin Kercyla de França, 21 anos. A embarcação estava ancorada no Porto do Recife desde janeiro e, segundo a polícia, foi trazida por um outro argentino que teria deixado a cidade para voltar ao seu país, porque um parente estaria doente. Lombardo chegou dias depois dizendo-se o novo dono do barco.

Três marinheiros portugueses foram contratados por Lombardo para fazer a viagem até Valencia, na Espanha, de onde a droga supostamente seria distribuída. A Polícia Civil fez a apreensão a partir de denúncia anônima e descarta a participação da tripulação no esquema. A polícia não tem detalhes de como a droga foi transportada, nem como chegou ao Brasil. A suspeita é de que ela já estava escondida no barco quando este chegou ao Recife.

    Leia tudo sobre: drogatráficococaínarecife

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG