Polícia carioca analisa imagens que mostram assassinato de mendigo

RIO DE JANEIRO ¿ Policiais da 5ª DP (Centro) analisaram as imagens da agressão sofrida pelo morador de rua João Elisário de Aquino, de 53 anos, morto a pauladas no dia 17 de abril deste mês, na Avenida Nilo Peçanha, na região central do Rio. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Ricardo Codeceira Lopes, a vítima foi espancada até a morte por três jovens ainda não identificados, nas proximidades da portaria do edifício do Ministério Público Federal (MPF).

Redação |

Depois de observar as imagens, cedidas pelo MPF, o delegado informou que três jovens, um deles vestindo uma camisa branca, o outro descalço e o terceiro sem camisa, armados com um pedaço de madeira, deram pauladas na cabeça de João Elisário. Ele morreu na hora. Estamos colhendo as informações nas ruas e aparentemente há evidências de que os agressores também seriam moradores de rua, adiantou Lopes.

É importante frisar que constatamos um aumento da população de rua no Centro do Rio e isso, às vezes, acaba propiciando crimes entre eles. No ano passado, registramos quatro mortes relacionadas com conflitos entre mendigos e este ano já temos duas ocorrências. Normalmente a violência acontece por motivos banais, discussões bobas entre eles, disse.

Leia mais sobre: violência

    Leia tudo sobre: violência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG