Polícia apreende menor fugitivo em Paraisópolis

O saldo do primeiro dia da ação da polícia no modelo da Operação Saturação na Favela Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, até o início da tarde de hoje, foi a apreensão de um fugitivo da Fundação Casa (antiga Febem) e de 9 caça-níqueis. Estão espalhados pela favela 300 policiais da Tropa de Choque e 100 do policiamento local.

Agência Estado |

Eles dispõem de 100 viaturas, 20 cavalos e 4 cães.

Além de vigiar as saídas da comunidade e manter a ordem, a missão dos policiais é tentar prender os envolvidos no protesto de segunda-feira. Durante o tumulto, os manifestantes destruíram e atearam fogo em veículos, apedrejaram comércios e fecharam ruas com barricadas.

Porta-voz da operação, a tenente da Polícia Militar Cibele Marsolla afirmou que foram montados 33 pontos de bloqueio na favela para revistar suspeitos e tentar localizar foragidos da Justiça. Para tanto, os policiais estão munidos de informações de banco de dados. "Vai ser por prazo indeterminado", respondeu a tenente, ao ser perguntada sobre a duração da operação. Ontem, a polícia apreendeu 1 revólver e 216 recipientes utilizados para armazenar cocaína.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG