Polícia apreende iguanas e tartaruga enviadas por Sedex

Oito iguanas e uma tartaruga foram apreendidas ontem pela Polícia Militar em embalagens do Serviço de Encomenda Expressa (Sedex), em uma agência dos Correios, na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo. No mesmo dia, funcionários dos Correios de outra agência, no bairro da Saúde, na zona sul, descobriram três aranhas e diversos filhotes transportados da mesma maneira.

Agência Estado |

As iguanas e a tartaruga sairiam de São Paulo com destino a Minas Gerais e Campinas. Os animais estavam distribuídos em cinco embalagens do Sedex. A descoberta ocorreu quando as caixas passaram em uma máquina de raio-x. Uma das iguanas estava morta. Os animais que sobreviveram foram levados ao Parque Ecológico do Tietê.

As aranhas foram transportados de Belém do Pará para São Paulo pelo Sedex. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o comprador das aranhas afirmou ter pago R$ 400 pela encomenda feita em um site de relacionamento. O órgão disse que o suspeito de enviar as aranhas será investigado. As aranhas foram apreendidas e levadas ao Instituto Butantan. Os dois casos serão investigados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG