Tamanho do texto

Cinco aparelhos celulares que seriam enviados pelo serviço Sedex, dos Correios, a presos do Centro de Detenção Provisória de Caraguatatuba, no litoral norte do Estado, foram apreendidos nestes últimos 20 dias. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, essas práticas para tentar burlar a segurança das Unidades Prisionais sempre aconteceram.

No entanto, os funcionários dos Correios anteciparam o que seria apreendido com os equipamentos de raios X, instalado no CDP, informou a secretaria. Foram apreendidos um aparelho de telefonia celular no fundo falso de um recipiente de margarina, no dia 18 de setembro, e outros quatro que estavam dentro de um sapato e escovas de limpeza, nesta terça-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.