Policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) e do Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM) da Bahia apreenderam ontem 20 coletes balísticos da PM, uma metralhadora, uma pistola e um revólver, além de munição e máscaras, num barraco do bairro periférico de Cidade Nova, em Salvador. Na ação, houve troca de tiros entre agentes e pessoas que guardavam o barraco.

Um acusado por assaltos foi morto. Foram detidas duas pessoas - entre elas, uma adolescente de 15 anos.

De acordo com o delegado da DRFR, Antônio Cláudio Pereira Oliveira, o arsenal pertencia a Romário Ferreira, mais conhecido como Negro Drama , de 19 anos, acusado de liderar uma quadrilha de tráfico de drogas e assaltos que agia na capital baiana. Negro Drama foi morto no dia 5, em confronto com policiais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.