Onze pessoas foram presas após sete meses de investigação da Polícia Civil

selo

Onze pessoas foram presas com 2,3 toneladas de maconha em Minas Gerais, após sete meses de investigação da Polícia Civil. O grupo é suspeito de integrar uma quadrilha que atuava no tráfico de drogas entre as regiões Sul e Sudeste do País.

A operação foi feita em parceria com o Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG), por meio da Promotoria de Combate ao Crime Organizado (GCOC). A carreta que transportava a droga e outros quatro veículos também foram apreendidos com os suspeitos no sábado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.