Polícia apreende 16,5 kg de cocaína em bote inflável

Uma mulher foi presa e 16,5 quilos de cocaína foram apreendidos na noite de sábado, 22, durante fiscalização na Rodovia BR-262, no Mato Grosso do Sul. A apreensão ocorreu no município de Miranda, em fiscalização de rotina da Polícia Rodoviária Federal ao ônibus de linha intermunicipal, que vinha de Corumbá, sentido Campo Grande, quando os agentes desconfiaram da história da passageira Deize Ferreira da Silva, de 42 anos, auxiliar de enfermagem.

Agência Estado |

Na abordagem, ela falou que reside em Cuiabá e que por ter obtido o passaporte recentemente para visitar sua filha, que mora na Espanha, foi procurada por uma conhecida, que teria a procurado dizendo que estava com alguns compromissos e que não poderia fazer um favor a uma amiga moradora em Corumbá.

Esta suposta amiga seria namorada de esportista, que morava no continente africano, ao qual queria que alguém levasse um presente para ele, e estaria disposta a pagar R$ 2 mil, além das passagens, a quem lhe fizesse o "favor". Deize disse que desconfiou da história, mas por dificuldades financeiras, pois estava desempregada e cheia de contas, aceitou a proposta, pegando um ônibus de Cuiabá até Corumbá, onde teria se hospedado em um hotel e recebido a visita de uma mulher com o bote inflável.

Deize embarcou para Campo Grande, pegaria um avião até São Paulo, depois até Johannesburgo, na África do Sul, e depois para Accra, em Ghana, chegando ao destino final na segunda-feira, 23. Durante vistoria no bote inflável, foi encontrada uma camada negra e mole, parecida com uma massa plástica. Ao cortar um pedaço da camada negra e submeter ao aquecimento, foi confirmada a presença de pelo menos 16,5 quilos de cocaína.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG