Polícia apreende 100 kg de maconha e prende dois suspeitos no Rio

RIO DE JANEIRO ¿ Agentes da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Sispen) e da 21ª Promotoria de Investigação Penal (PIP) do Ministério Público Estadual apreenderam, na manhã desta segunda-feira, 100 quilos de maconha e prenderam dois suspeitos nas proximidades da Rodoviária Novo Rio, na zona portuária da capital.

Redação |


De acordo com informações da assessoria da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Paulo Jorge Gonzaga Nunes enviou a droga embalada em quatro tonéis no veículo de uma transportadora de Osasco, na Grande São Paulo.

O entorpecente foi enviado como se fosse uma carga de produtos de limpeza. O suspeito veio para a capital carioca em um ônibus que parou na Rodoviária Novo Rio no começo da manhã. Ele possuía notas fiscais fraudadas que comprovariam que a carga que trazia era material de limpeza.

Ao chegar ao Rio, o suspeito pegou o material no balcão da transportadora, que fica no interior da rodoviária, e repassou a carga acondicionada em 36 tabletes para Wanderson Alberto da Silva. Os agentes do Sispen, que estavam monitorando a dupla, prenderam os dois em flagrante, quando Wanderson colocava a droga em uma Kombi.

Segundo a Seap, a droga seria destinada à favela da Vila dos Pinheiros, situada no Complexo da Maré, na zona norte do Rio e poderia ser encaminhada para o Complexo do Alemão e para o presídio de Bangu 4, pois Wanderson é irmão do detendo Whygson Zanadre Gonçalves, responsável pela distribuição da droga na carceragem.

O caso foi registrado na 17ª DP (São Cristóvão)

Leia mais sobre: apreensão

    Leia tudo sobre: apreensão rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG