Polícia analisa teto da Renascer; buscas são suspensas

SÃO PAULO (Reuters) - A Defesa Civil de São Paulo informou que as buscas nos escombros do tempo da igreja Renascer em Cristo em São Paulo foram suspensas nesta segunda-feira após dois supostos desaparecidos terem sido encontrados na casa de familiares. A polícia paulista analisará se houve sobrecarga no teto, que desabou no domingo matando 9 fiéis e ferindo mais de 100. A Polícia Científica de São Paulo analisará a instalação de equipamentos de ar condicionado no teto da igreja Renascer em Cristo. As análises devem avaliar a carga dos equipamentos na estrutura do prédio, informou o coordenador da Defesa Civil do Estado, Coronel Orlando Camargo.

Reuters |

Segundo ele, a Polícia Científica coletará material das vigas para avaliar se houve ou não uma sobrecarga por causa do ar-condicionado. Vai acontecer a análise dessa carga no teto", disse.

"Quando era cinema em 1950 não existia esse ar-condicionado, essas novas tecnologias. Então a análise vai ser se houve ou não excesso de carga", acrescentou ele.

A Defesa Civil ainda informou que as buscas por mais vítimas desaparecidas foram suspensas após as duas últimas pessoas que estariam dentro da igreja terem sido encontradas na casa de familiares.

O desabamento do templo da igreja Renascer em Cristo em São Paulo, onde funcionava a sede mundial, matou nove pessoas. A tragédia deixou mais de 100 feridos no fim da tarde do domingo.

A igreja informou entre 60 e 100 pessoas estavam no templo na hora do desabamento.

Em comunicado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que medidas de prevenção deverão ser criadas.

"Manifesto meu pesar as parentes e amigos das vítimas fatais e minha solidariedade aos feridos. Este episódio, que já está sob investigação dos órgãos competentes, deverá servir para a elaboração de medidas preventivas, que evitem a ocorrência de outras tragédias e preservem a todos nós de novos sofrimentos", disse Lula em nota.

IMÓVEIS INTERDITADOS

Funcionários da Defesa Civil do município visitaram o local do incidente, e sete imóveis vizinhos ao prédio onde funcionava o templo foram interditados. Eles estavam ameaçados por um muro da igreja, e os moradores terão de deixar o local.

A Renascer afirmou que todos os documentos relativos ao funcionamento do prédio estão "perfeitamente em dia e de acordo".

O desabamento aconteceu por volta das 19h de domingo, no intervalo entre dois cultos da igreja. Os feridos e foram levados para diversos hospitais da capital paulista. Há pelo menos oito pessoas internadas em estado grave, segundo levantamento feito junto aos hospitais.

Em um comunicado separado, os líderes da Renascer, Estevam e Sônia Hernandes, que estão nos Estados Unidos, afirmam estar "absolutamente consternados, tristes e pasmos com a tragédia".

"Foi uma grande fatalidade o que ocorreu. Não sabemos o motivo. Mas há de haver um propósito para tal sofrimento", afirmaram na declaração.

Estevam e Sônia Hernandes cumprem pena nos EUA após serem condenados por tentarem entrar no país com cerca de 56 mil dólares não declarados.

A Renascer conta com alguns fiéis famosos, caso do jogador de futebol Kaká, do Milan e da seleção brasileira. Em fevereiro do ano passado, Kaká doou à Renascer o troféu de Melhor Jogador da Fifa em 2007 e a taça ficou exposta exatamente no mesmo local do desabamento de domingo.

O atleta, atualmente nas páginas dos jornais por conta de uma possível transferência de centenas de milhões de dólares para o Manchester City, também casou-se com sua mulher, Caroline, no mesmo local do desabamento.

(Reportagem de Alice Assunção, Eduardo Simões e Marjorie Rodrigues; Edição de Fabio Murakawa)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG