Polícia Ambiental detém 20 baloeiros na Grande SP

A Polícia Militar Ambiental deteve nesta manhã 20 pessoas em dois casos envolvendo balões na Grande São Paulo. Em Mogi das Cruzes, por volta das 9 horas, oito homens, divididos em quatro motocicletas, foram surpreendidos transportando um balão que haviam resgatado em uma área rural.

Agência Estado |

Eles não reagiram e se entregaram.

"As motos estavam com adesivos de um grupo de baloeiros (Turma do Pôr-do-Sol) de Mauá", afirmou o sargento da PM Ambiental Alexandre Gomes de Queiroz. O sargento contou que o grupo carregava duas máquinas fotográficas e duas câmeras com registros de soltura de balões. Cada detido deverá ser multado pela polícia em R$ 5.590,99. O caso foi encaminhado ao 2º Distrito Policial, de Brás Cubas.

Em Itapecerica da Serra, após uma denúncia anônima, os policiais encontraram, por volta das 10h30, cerca de 20 pessoas preparando-se para soltar um balão, de cerca de 15 metros de altura, em uma rua de terra. A polícia conseguiu deter 12. Os demais correram. De acordo com o tenente da PM Ambiental Rafael Paladino, foram apreendidos o objeto, um botijão de gás usado para enchê-lo e fogos de artifício. Os detidos foram levados ao DP central do município. Quatro deles deverão ser multados e autuados por crime ambiental e os outros, liberados.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG