Objetos pré-colombianos, em particular maias e incas, avaliados em 100 milhões de dólares, foram apreendidos na semana passada em um galpão de Munique, anunciou nesta quarta-feira a polícia alemã.

Segundo a polícia, a operação aconteceu a pedido das autoridades da Costa Rica que afirmam que as peças pertencem a seu país, além do Peru, Colômbia, Panamá, Guatemala e El Salvador.

Um colecionador da Costa Rica alega ser o proprietário das peças.

A coleção foi exposta em 1997 em Santiago de Compostela (Espanha) e as autoridades de Munique investigam se foi exportada ilegalmente para a Alemanha.

Leia mais sobre: maias ; incas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.