Genebra, 17 out (EFE).- O cineasta Roman Polanski foi transferido da prisão de Winterthur a um hospital de Zurique, à espera da decisão da Corte Federal Penal da Suíça sobre o recurso que apresentou contra sua extradição aos Estados Unidos, segundo informa hoje o diário Blick.

AP

O diretor Roman Polanski

Polanki, de 76 anos, tem pendente nos EUA um processo por manter relações sexuais com uma menor de idade e por isso foi detido há três semanas pela Polícia suíça quando estava em Zurique para participar de um conhecido festival de cinema onde ele seria homenageado por sua carreira no cinema.

Segundo "Blick", o cineasta franco-polonês foi transferido ontem da prisão a um hospital, onde permaneceria por dois dias para ser tratado de um problema que já tinha antes de ser detido.

A mudança da prisão ao hospital se realizou ontem de manhã em uma caminhonete na qual Polanski estava acompanhado por dois guardas, segundo um repórter do jornal que lhe viu dentro do veículo.

Cerca de vinte minutos depois, um representante do Consulado francês em Zurique chegou com jornais e frutas para visitar a Polanski, mas já não o encontrou, afirma o jornal.

Está previsto que a Corte Federal tome uma decisão sobre o destino de Polanski nos próximos dias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.