LOS ANGELES ¿ O cineasta Roman Polanski perdeu sua última tentativa de ser condenado enquanto permanece fora dos Estados Unidos nesta quinta-feira por ter mantido relações sexuais com uma menor há mais de três décadas.

Um tribunal de apelações da Califórnia confirmou a decisão de um juiz de Los Angeles em janeiro de que o cineasta fugitivo, de 76 anos, deve voltar para a Califórnia antes de ser condenado e encerrar sua saga judicial de 33 anos.

A negação ao pedido de Polanski de ser condenado no exterior ocorreu pouco após o mesmo tribunal ter rejeitado uma petição apresentada pela vítima do crime para anular o caso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.