Polanski não será liberado antes de sexta-feira

O cineasta franco-polonês Roman Polanski, 76 anos, que deve ser liberado sob fiança pela justiça suíça, não deixará a prisão antes de sexta-feira, informou o ministério da Justiça, que destacou que a quantia de três milhões de euros ainda não foi depositada.

AFP |

"Polanski não deixará a prisão antes de sexta-feira, a fiança deve ser depositada nos próximos dias", afirmou à AFP o porta-voz do ministério, Folco Galli.

O cineasta será tranferido para seu chalé de Gstaad, região central do país.

A fiança de três milhões de euros (US$ 4,5 milhões) deve ser depositada para que o diretor possa deixar a prisão de Winterthour, 25 km ao nordeste de Zurique, lembrou na segunda-feira o cônsul geral da França em Zurique, Jean-Luc Fauré-Tournaire.

Após uma decisão do Tribunal Penal Federal (TPF) de Bellinzone, Polanski recebeu na quinta-feira a autorização para ser colocado em liberdade com o pagamento de fiança e cumprir uma prisão domiciliar em seu chalé de Gstaad, com monitoração eletrônica, à espera de uma eventual extradição para os Estados Unidos.

Polanski está detido na Suíça desde 26 de setembre a pedido da justiça dos Estados Unidos, que solicitou sua extradição para ser julgado por ter mantido relações sexuais com uma adolescente há 32 anos.

ale/fp

    Leia tudo sobre: roman polanski

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG