Assaltantes tentaram invadir apartamento de vice-governador do Estado, João Lyra Neto (PDT)

Assaltantes são espancados por PMs, em Pernambuco
Reprodução TV Globo
Assaltantes são espancados por PMs, em Pernambuco
Imagens feitas por um cinegrafista amador mostram o momento em que políciais militares espancam os dois suspeitos de invadir e assaltar um prédio de alto padrão na beira-mar de Piedade, Jaboatão dos Guararapes (região metropolitana de Recife), na última quarta-feira. Eles pretendim roubar o apartamento do vice-governador do Estado, João Lyra Neto (PDT), onde mora a ex-mulher dele.

Nas imagens, que foram cedidas à TV Globo e divulgadas pela emissora, os três policiais aparecem batendo no rosto de um dos suspeitos. Em uma das cenas, um dos policiais leva um dos suspeitos, que está algemado com as mãos para trás, até a areia da praia e lhe dá uma rasteira. Em outra cena, um dos policiais pisa no rosto de um dos suspeitos com o coturno.

Segundo o zelador do prédio, Leonardo da Silva, de 26 anos, e Rafael Barbosa, de 18, invadiram o edifício com uma arma. Como não tinha ninguém no apartamento do vice, eles foram à garagem e arrombaram um carro, renderam o zelador e uma moradora, que foram trancados no apartamento dela e, com a chegada da polícia, pularam do apartamento que fica no segundo andar.

O Comando da Polícia Militar identificou os policiais que aparecem na gravação e não os afastou do serviço. Foi instaurada uma sindicância para apurar a ação dos policiais, que será acompanhada pela Corregedoria da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco.

Policiais colocam a cabeça de assaltante na água do mar
Reprodução TV Globo
Policiais colocam a cabeça de assaltante na água do mar
Endoscopia

Na tarde desta segunda, um dos responsáveis pelo assalto, Leonardo da Silva, relatou mal estar e foi levado a um hospital no município de Paulista. Chegando lá, uma radiografia constatou a presença das jóias que teriam sido roubadas, na quarta-feira, no estômago do rapaz.

Foi realizada uma endoscopia para retirada das jóias _dois anéis, uma corrente e um pingente com a letra F.

Leonardo passa bem e foi levado hoje de volta ao Centro de Observação e Triagem Criminológica (Cotel) em Abreu e Lima (região metropolitana de Recife), onde está detido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.