O sargento do Corpo de Bombeiros Jorge Luiz Fortunato de Lima, de 40 anos, lotado no Batalhão da Penha, e o cabo da Polícia Militar (PM) Leonardo Marques de Souza, de 35 anos, lotado no Batalhão de Choque, se apresentaram na noite de ontem aos policiais da Delegacia de Homicídios (DH) do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, os policiais militares estão envolvidos em um tiroteio na Avenida Brasil, na altura do Guadalupe, que resultou na morte de uma pessoa e em ferimentos graves em outra.

Contra eles foi cumprido mandado de prisão expedido pela Vara de Plantão Judiciário. Os policiais apreenderam um revólver calibre 38 com o bombeiro e um simulacro de arma de fogo com o policial militar. Eles serão encaminhados nesta manhã para o Batalhão Especial Prisional (BEP).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.