PMDB e PT confirmam aliança para eleições no PR

As executivas do PMDB e do PT no Paraná realizaram, na noite de ontem, a primeira reunião para buscar um entendimento visando às eleições de 2010. Apesar de reafirmar o compromisso ideológico comum, que prevê um Estado forte com inclusão social, não houve acordo em relação a um candidato único para o governo do Estado.

Agência Estado |

O PMDB insiste no nome do vice-governador Orlando Pessuti, enquanto o PT ainda conversa com outros partidos da base de apoio ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, principalmente o PDT, que tem no senador Osmar Dias um pré-candidato.

De concreto, apenas a decisão de criar, no início de agosto, um grupo de trabalho com membros dos dois partidos para acompanhar a conjuntura política e traçar estratégias para que a caminhada seja conjunta. "O que ficou decidido é que a aliança prioritária do PMDB é com o PT e do PT é com o PMDB", disse o presidente estadual do PMDB, deputado estadual Waldyr Pugliesi. Hoje, os dois partidos estão unidos no governo, com o PT comandando três secretarias.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, também entende que o PMDB é um partido forte para a aliança que pretende. "Não havia nenhuma expectativa de definições, mas sim de aproximação com uma das legendas que consideramos mais importantes na caminhada conjunta da nossa história política", destacou. Mas como a prioridade é formar uma base de apoio à possível candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à Presidência da República, ela se mantém mais cautelosa e até tenta uma aproximação entre PMDB e PDT. O próprio PT não descarta que possa lançar candidatura própria ao governo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG