RIO DE JANEIRO - Soldados do 19º BPM (Copacabana) realizaram, durante a manhã desta quarta-feira, uma de operação no Morro Chapéu Mangueira, no Leme, zona Sul do Rio. Houve troca de tiros e dois suspeitos foram presos. Um dos suspeitos ficou ferido. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/05/07/menor_e_morto_no_rj_durante_operacao_da_pm_1301793.html target=_topMenor morre em operação da políca em Meriti

AE/Fabio Motta
Tiros atingiram apartamentos na região
De acordo com a polícia, durante a operação, iniciada no início da manhã, pelo menos oito bandidos armados fugiram, em direções diferentes, do Morro Chapéu Mangueira. Eles seguiram por um matagal em direção à Rua Roberto Dias Lopes, no Leme, e à Avenida Princesa Isabel, em Copacabana. Os policiais realizaram buscas em edifícios e estabelecimentos comerciais da região. O intenso número de viaturas assustou os moradores do bairro.

Dos dois suspeitos, ambos desarmados, foram presos no calçadão da praia de Copacabana e levados para a 12ª DP (Copacabana). Os demais entraram pelos fundos do prédio desativado da Telemar e quebrou os vidros da porta da frente, escapando pela Avenida Princesa Isabel, via de grande movimento e que dá acesso à Botafogo.

Na avenida, três bandidos, sendo um deles ferido e, segundo testemunhas, sangrando bastante, roubaram uma van, de placa LUV-9618, que estava parada na localidade descarregando mercadorias. Eles renderam o motorista, que foi obrigado a conduzi-los até o Morro da Serrinha, em Madureira, na zona Norte. Logo depois o bando fugiu e liberou o motorista, que prestou depoimento na 12ª DP. A identidade dele foi mantida em sigilo pela polícia.

Os outros bandidos conseguiram fugir a pé e ainda não foram localizados pela polícia, que realiza rondas na região.

Operação

Nas ruas do Morro Chapéu Mangueira e no percurso utilizado pelos bandidos para a fuga, a polícia apreendeu dois fuzis, uma metralhadora, uma pistola, quatro granadas, dois carregadores, munição, duas toucas ninja, um colete à prova de balas, um rádio de comunicação e uma folha com anotações sobre a venda de drogas.

Leia mais sobre: violência

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.