PM suspende blitze da Lei Seca no réveillon em SP

Os motoristas que misturaram bebida e direção durante a virada do ano escaparam do teste do bafômetro em São Paulo. Assim como no Natal, quando a Polícia Militar (PM) não colocou em prática a chamada Operação Direção Segura por causa do mau tempo, na noite de réveillon não foram realizadas blitze.

Agência Estado |

De acordo com a assessoria de imprensa da PM, não houve fiscalização porque o efetivo teve que se dividir entre a segurança da São Silvestre e as saídas da cidade, para monitorar o tráfego em direção ao litoral paulista e ao interior.

Na maior festa de réveillon de São Paulo, que reuniu um público rotativo de 2,4 milhões de pessoas na Avenida Paulista, os motoristas que consumiram bebida alcoólica não mostravam preocupação com as blitze do bafômetro, mesmo sem saber que elas não estavam sendo realizadas. "Vim de carro e parei em um estacionamento. Estou aqui tomando a minha cervejinha e não vou deixar de fazer isso, até porque é virada de ano. Sempre bebo quando saio de carro e nunca fui parado pela polícia. Não vai ser hoje, é muito azar", disse o vendedor Camilo Silvano Alves, de 29 anos.

Nas barracas que comercializavam bebidas alcoólicas, um aviso de venda proibida a menores de 18 anos foi afixado, embora os vendedores não pedissem documentos dos clientes. "É muita gente, muita correria, não dá para ficar pedindo identidade", justificou um vendedor que preferiu não se identificar. As informações são do Jornal da Tarde .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG