PM reintegra área ocupa pelo MST em Serrana-SP

Cerca de 120 policiais militares cumpriram hoje a reintegração de posse de uma área de propriedade da Fazenda Martinópolis, em Serrana, na região de Ribeirão Preto, em São Paulo. A reintegração foi determinada pela Justiça do município.

Agência Estado |

O grupo, formado por cerca de 80 famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-terra (MST), havia ocupado a área no último dia 6, para reivindicá-la para um novo assentamento. O MST entende que a área pertence ao governo estadual, pois está penhorada desde 1986 e estaria sendo utilizada irregularmente por fazendeiros no plantio de cana-de-açúcar.

Não houve resistência dos sem-terra. Eles próprios desmontaram seus acampamentos e sairão até o final da tarde. O acampamento foi denominado Alexandra Kolontai e fica próximo ao Assentamento Sepé Tiaraju, também do MST, localizado em Serra Azul. Segundo o diretor regional do MST, Veríssimo Gomes, as famílias devem seguir para o Sepé Tiaraju e continuarão reivindicando a área para reforma agrária.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG