Soldados são agredidos por instrutores do Pelotão de Operações Espaciais da Aeronáutica

selo

Suspeitos de envolvimento em treinamento com agressões no Pelotão de Operações Especiais da Aeronáutica foram identificados por meio de vídeo. As imagens, gravadas há um ano pela Polícia Militar (PM) do Pará, mostram agressões de instrutores contra soldados. A corporação estadual vai colaborar com o Inquérito Policial Militar (IPM) instaurado hoje pela Aeronáutica.

Sobre as medidas a serem tomadas, o responsável pela comunicação da PM do Pará, Jorge Vasconcelos, afirma que "as ações serão as que sempre foram tomadas, baseadas no Código de Processo Penal Militar". "O resultado vai mostrar o que ocorreu realmente", diz.

A preparação e conduta adotadas nos treinamentos não é compatível ao suposto caso de agressão, segundo Vasconcelos. "Isso nunca é ensinado. A violência não tem que ser usada nos nossos treinamentos, e preparamos os policias para lidar com situações extremas", afirma.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.