PM estoura cativeiro na zona norte de SP

Dois homens foram presos e um adolescente de 16 anos foi detido na madrugada desta terça-feira, acusados de participarem do sequestro de uma analista de marketing de 30 anos na região da Casa Verde, na zona norte São Paulo, cinco horas antes. Os policiais chegaram ao cativeiro onde era mantida a vítima, na Favela do Agreste, também na zona norte, depois da prisão de um dos criminosos, que indicou o local.

Agência Estado |

A analista de marketing foi abordada quando chegava à casa de uma amiga na Vila Baruel, por volta das 19h30. A amiga desceu do veículo, um Fox vermelho, para pegar as chaves da garagem. Assim que ela entrou, Willian Simões Videira, de 21 anos, e o adolescente de 16 anos renderam a vítima, que esperava no carro. Ela foi obrigada a passar para o banco do passageiro. Segundo os policiais militares da 2ª Companhia do 9º Batalhão, Videira assumiu a direção do carro e o menor, armado, permaneceu sentado no banco traseiro.

Depois de obrigarem a refém a passar sua senha bancária, os criminosos se dirigiram a uma agência. Nervosa, a vítima não conseguiu se lembrar do local onde fica o banco para onde foi levada. Videira desceu do veículo para fazer o saque e a analista ficou no carro sob a vigilância do adolescente. Nesse momento, o telefone dela tocou e o alarme do carro disparou. Nervoso, o menor desceu do veículo e ordenou que a refém permanecesse dentro do carro. "Eu fiquei com medo de correr, por isso não desci", justificou a vítima.

Enquanto estava sozinha no carro, a refém conseguiu avisar a amiga - que já havia dado por sua falta quando voltou com as chaves da garagem e não encontrou o carro - por telefone sobre o sequestro. Foi essa amiga quem avisou a polícia. Quando os dois criminosos voltaram, a vítima foi levada primeiro a uma residência e em seguida a uma construção na Favela do Agreste. Ela contou que, além dos R$ 500 que foram sacados da sua conta pelos bandidos, eles ainda usaram o seu cartão de crédito, que tem limite de R$ 2 mil, para compras. "Mas não sei no que eles usaram e quanto gastaram", disse.

No cativeiro, a analista foi mantida sob a vigilância do adolescente. Por volta da 0h30, durante um patrulhamento, uma viatura da 2ª Companhia do 9º Batalhão se deparou com o Fox da vítima, na esquina das ruas Professora Nícia de Paula com Dario Ribeiro, na Casa Verde. Como os policiais já sabiam do sequestro, fizeram uma abordagem e prenderam Guilherme Abreu da Silva, de 18 anos, que dirigia o veículo. Foi ele quem indicou o local onde estava a vítima. Ele ainda teria dito aos policiais que a sua função seria somente se livrar do Fox.

No momento da prisão de Silva, o Fox era escoltado por um Fiesta prata, dirigido por Videira, que também foi preso nas imediações, por policiais de uma segunda viatura. Cerca de 15 minutos depois, os PMs chegaram ao cativeiro. O adolescente de 16 anos tentou fugir ao perceber a aproximação da polícia, mas acabou detido nas proximidades. A vítima foi resgatada sem nenhum ferimento e o caso foi registrado no 40º Distrito Policial (Vila Santa Maria).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG