Policiais militares estouraram na madrugada de hoje um bingo montado numa residência na Vila Maria, região nordeste da capital paulista. Foram apreendidas 18 máquinas de videobingo e 25 cheques de clientes, com valores entre R$ 100 e R$ 300.

Foram detidas sete pessoas que participavam da jogatina. A polícia também encontrou um caderno com anotações se supostas propinas pagas pelo dono do bingo para a polícia.

Nas anotações aparecem dois dias: 15 e 30 de novembro. No dia 15, por exemplo, teriam sido pagos R$ 1,5 mil para a Polícia Civil (não especificada delegacia ou departamento), R$ 1 mil para a Polícia Militar (PM) e R$ 3 mil para uma delegacia seccional (também não especificada).

Já no dia 30, teriam sido pagos mais R$ 1,5 mil para a Polícia Civil, R$ 1 mil para a PM, R$ 3 mil para o Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) e R$ 3 mil para o Grupo de Operações Especiais (GOE). O caso foi encaminhado ao 9º Distrito Policial (DP), do Carandiru.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.