PM encontra 3 corpos após queda de helicóptero em Santa Catarina

Estavam na aeronave o empresário Gilberto Menel, o piloto Álvaro Pisetta Júnior e o pedreiro Érico Melchioretto

AE |

Divulgação/PMSC
Destroços do helicóptero encontrado nesta sexta-feira em Santa Catarina
A Polícia Militar (PM) localizou os corpos das três vítimas da queda de um helicóptero Esquilo , ocorrida na manhã desta sexta-feira, em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina. A aeronave da empresa Nanete Têxtil levava três pessoas: o piloto Álvaro Pisetta Júnior, o empresário Gilberto Menel, dono do helicóptero, e o funcionário da empresa Érico Melchioretto.

A aeronave caiu durante o voo entre Jaraguá do Sul e o aeroporto de Navegantes, no litoral catarinense. De acordo com o comandante da 2.ª Companhia do Batalhão de Aviação da PM, major Nelson Henrique Coelho, o plano de voo do Esquilo B-3 tinha previsão de chegada em Navegantes às 9 horas. Às 9h40, o controle aéreo do aeroporto solicitou o início das buscas.

O helicóptero Águia da PM, baseado em Joinville, teve dificuldade para localizar a aeronave acidentada por causa da forte neblina na região. A aeronave foi encontrada, por volta de 11h30, numa mata fechada próxima à localidade de Barra do Cerro, interior do município de Jaraguá do Sul.

Um policial militar conseguiu chegar aos destroços do helicóptero descendo por uma corda, utilizando a técnica de rapel. Dois corpos foram localizados de imediato, mas o terceiro só foi encontrado por volta das 16h30.

Os corpos deverão ser retirados do local içados pelo helicóptero da PM e levados até um campo de futebol próximo ao ocorrido, onde aguardam equipes do Instituto Médico Legal (IML), do Instituto Geral de Perícias (IGP).

Técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) estão indo para o local para auxiliar nas investigações.

    Leia tudo sobre: helicópterosanta catariajaraguá do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG