PM é preso no Rio acusado de torturar dois adolescentes

Um agente da Polícia Militar (PM), lotado no Batalhão de Choque, foi preso hoje em flagrante pelo seqüestro de dois adolescentes em Itaguaí, na Baixada Fluminense. Segundo informações da polícia, os rapazes estavam a serviço do tráfico e foram torturados para fornecer informações sobre a atuação da quadrilha no bairro Teixeira.

Agência Estado |

O delegado da 50ª Delegacia de Polícia, Leonardo Affonso, investiga se o PM está envolvido com milícias.

Os jovens, de 14 e 19 anos, foram seqüestrados ontem no bairro Teixeira. Eles foram mantidos numa casa, onde sofreram agressões. Um telefonema ao Disque-Denúncia avisou a polícia do seqüestro. No final da tarde de ontem, quando o PM Anderson Daniel da Silva e Salomão Alves de Souza se preparavam para libertar a vítima mais nova, foram flagrados pelos policiais da 50ª DP.

Os policiais ainda estiveram na casa usada para a tortura, mas os criminosos já haviam fugido. O rapaz de 19 anos só foi libertado na madrugada de hoje. Muito ferido e assustado, ele fugiu e não prestou depoimento à polícia. Anderson Daniel da Silva foi transferido para o Batalhão Prisional. Souza permanece detido na delegacia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG