PM e outras 39 pessoas são presas por roubo a banco em 3 Estados

Operação Fire, da Polícia Civil gaúcha, prende suspeitos no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Rio de Janeiro

iG São Paulo |

Quarenta pessoas foram presas no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Rio de Janeiro nesta sexta-feira durante a Operação Fire da Polícia Civil gaúcha. De acordo com os delegados Ronolfo Vieira Júnior e Juliano Ferreira, os presos são suspeitos de envolvimento em uma quadrilha de roubo a agências bancárias. Um dos presos, Policial Militar, seria responsável por fornecer informações sobre a segurança dos bancos.

Quatro suspeitos continuam foragidos. Segundo Ferreira, cerca de 40 ações criminosas foram realizadas pela quadrilha. O delegado acredita que o prejuízo total dos bancos chega próximo de R$ 5 milhões.

Com o grupo, a polícia apreendeu seis veículos de luxo, três maçaricos, máscaras químicas, botijão de gás, coletes à prova de balas, alicates, lonas, cinco pistolas e munição. Também foi apreendida uma furadeira eletrostática avaliada em cerca de R$ 10 mil. A polícia apresentou imagens de câmeras de vídeo dos bancos que mostram como a quadrilha agia dentro das agências.

A operação, deflagrada após sete meses de investigação policial, contou com a participação de 40 alunos delegados em treinamento, afirmou Vieira Júnior.

    Leia tudo sobre: operaçãoviolênciapolíciaroubo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG