PM é obrigado a arrecadar armas para resgatar família

A família de um policial militar de Salgueiro, no sertão de Pernambuco, foi mantida refém nesta madrugada para que o agente arrecadasse armas para a quadrilha. Segundo informações da Polícia Militar (PM), dois suspeitos chegaram à casa do capitão Marcos Vinicius Barros dos Santos, no bairro Nova Olinda, e sequestraram a mulher e a filha dele.

Agência Estado |

O grupo exigiu do oficial o resgate dos armamentos sob pena de matar a mulher e a menina.

Enquanto a família era mantida refém, o PM foi a batalhões de duas cidades vizinhas, como Terra Nova e Parnamirim, a fim de arrecadar as armas. De acordo com a corporação, ele alegava que iria fazer uma perícia nas armas para poder retirá-las. O policial foi liberado em Cabrobó, cidade localizada a cerca de 40 quilômetros de Salgueiro. Os familiares do oficial foram liberados sem ferimentos. Ainda não há informação de quantas armas foram levadas. Ninguém foi preso.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG