PM é morto durante troca de tiros no Morro da Previdência no Rio

RIO DE JANEIRO ¿ Da noite desta quinta-feira para a manhã desta sexta-feira, a Polícia Militar do Rio de Janeiro registrou diversas ocorrências. Entre elas, um PM foi morto durante uma troca de tiros no Morro da Previdência, outro agente foi assaltado no Caju e um terceiro foi atropelado na avenida Brasil.

Redação |

No fim da noite desta quinta-feira, o soldado Anderson Felipe, de 25 anos, do Grupo de Policiamento em Áreas Especiais (GPAE), foi morto, durante uma troca de tiros no Morro da Previdência, no bairro da Gamboa, Centro do Rio. Outros dois agentes que acompanhava a vítima foram baleados de raspão, mas estão fora de perigo.

Segundo a PM, os policiais do GPAE realizavam operação de rotina pela região quando foram surpreendidos por um grupo de homens armados que efetuaram vários disparos contra a viatura. Os policiais reagiram e houve confronto.

Anderson foi baleado e levado para o Hospital Souza Aguiar, no Centro, e depois para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, zona norte da capital, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu.

Os outros dois policiais ¿ Pablo Gorrilhas, de 28 anos, e um soldado identificado como Vítor - foram encaminhados para o HCPM, mas não correm risco de morte, segundo informou a assessoria da corporação. Eles relatarão o caso na 4ª DP (Praça da República), que investiga o caso.

Os criminosos conseguiram fugir, abandonando radiotransmissores e uma pequena quantidade de entorpecentes. Na favela, a polícia apreendeu 480 trouxinhas de maconha e 200 gramas da droga prontas para o consumo. Não há informações se algum dos bandidos ficou ferido na troca de tiros.

PM é assaltado por quadrilha

O cabo do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) Jean Pierre Amaral da Silva, de 34 anos, foi assaltado na Avenida Brasil, na altura da favela Parque Alegria, no Caju, zona norte do Rio, no início da manhã desta sexta-feira.

A polícia informou que ele passava pela pista central da via em seu veículo, um Corsa azul, por volta das 5h30, quando foi abordado e rendido por bandidos nas proximidades do viaduto Ataulpho Alves. Jean conseguiu sair do carro, que foi levado pelos criminosos, e fugiu.

Ele acionou o BPVE, que enviou agentes ao local. Os bandidos foram flagrados e houve troca de tiros. Os assaltantes conseguiram fugir em um outro veículo, abandonando o Corsa do policial. Não há informações de feridos. O caso foi registrado na 21ª DP (Bonsucesso).

Policial é atropelado na Avenida Brasil

Um policial do BPVE trafegava pela avenida Brasil, quando seu veículo enguiçou. Jorge Pena Leite dos Santos saiu do carro para tentar consertar o problema, quando foi atropelado por um caminhão de placa não anotada.

Ele foi socorrido por bombeiros do quartel da Penha e encaminhado para o Hospital Getúlio Vargas, no subúrbio do Rio. Seu estado de saúde ainda não foi informado. Segundo a polícia, o condutor do caminhão fugiu.

Dois suspeitos presos na favela da Pedreira

Uma operação do Batalhão de Choque da Polícia Militar realizada na favela da Pedreira, zona norte do Rio, na madrugada desta sexta-feira, resultou em apreensão de drogas e armas e na prisão de dois suspeitos.

De acordo com a PM, a incursão tinha a finalidade de cumprir mandatos de busca e apreensão na comunidade, que se localiza nas proximidades da avenida Automóvel Clube. Os policiais entraram na favela por volta das 20h desta quinta-feira e foram recebidos a tiros.

A PM apreendeu duas armas ¿ um revólver calibre 38 e uma pistola 45 ¿ duas granadas, 19 sacolés de maconha. Um carro roubado foi recuperado e duas pessoas acusadas de terem ligações com o tráfico foram presas. A ação terminou às 3h desta sexta.

Leia mais sobre: violência no Rio

    Leia tudo sobre: riotiroteioviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG