A Polícia Militar (PM) informou o nome dos três manifestantes detidos em confronto entre estudantes e funcionários da Universidade de São Paulo (USP) e a Tropa de Choque: Celso Luciano Alves da Silva, Claudionor Brandão e José Ailton Dutra Junior. De acordo com informações da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), os dois primeiros são funcionários e o último é estudante da universidade.

De acordo com a PM, os três manifestantes assinaram termo circunstanciado de ocorrência (registro do incidente) e devem ser liberados logo mais do 93º Distrito Policial de São Paulo, no bairro do Jaguaré. Eles responderão por crimes de dano a patrimônio público, desacato a autoridade e resistência à prisão em Juizado Especial Criminal (JECrim).

O Sintusp informou que Claudionor Brandão é dirigente da entidade. Ele foi demitido em maio pela reitoria da USP. Uma das reivindicações dos funcionários da universidade durante o protesto de hoje era a readmissão de Claudionor. A direção do Sintusp informou que o estudante José Ailton Dutra Junior teria sido ferido por estilhaços de uma bomba de efeito moral atirada pela PM contra os manifestantes durante o confronto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.