Tamanho do texto

SÃO PAULO - Várias casas de alvenaria começaram a ser derrubadas, a partir das 6h30 desta terça-feira, em uma área ocupada por cerca de mil famílias, no bairro de Vila Cristina, em Carapicuíba, região oeste da Grande São Paulo.

Policiais militares do 3º Batalhão de Choque, com um pelotão de 25 homens, auxiliados pela Cavalaria do 4º Batalhão, se juntarão a homens do 33º Batalhão, de Carapicuíba, na retirada das famílias, várias delas moradoras do local há mais de 15 anos.

O proprietário do terreno onde essas casas foram construídas, no entroncamento entre as estradas da Fazendinha e Jacarandá, ganhou na Justiça o direito de despejar as famílias.

Segundo a construtora dona do terreno, esta é a terceira vez que a Justiça dá parecer favorável a reintegração da área, mas nas outras duas a prefeitura de Carapicuíba pediu um acordo para que as famílias ficassem no local.  

Ainda de acordo com a construtora, todos os custos gastos na operação estão sendo assumidos por eles, inclusive a locação de caminhões de mudança para que os populares possam levar seus pertences.

Segundo a polícia militar, apesar do clima tenso, a ação acontece de forma pacífica e até o momento não foram registrados incidentes

Leia mais sobre: reintegração

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.