Companhias ganharam total liberdade para fazer promoções nas viagens aéreas internacionais

Está extinto, desde sexta-feira (23), o valor mínimo para preços de passagens aéreas internacionais vendidas no País. O piso existia para proteger as empresas brasileiras - agora, a medida da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pretende aumentar a concorrência.

Na prática, as companhias ganharam total liberdade para fazer promoções nas viagens aéreas internacionais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.