Buenos Aires, 2 ago (EFE).- O artista plástico argentino Pérez Celis, um dos pintores mais reconhecidos do país, faleceu hoje, aos 69 anos, vítima de leucemia, em um hospital de Buenos Aires.

Seu verdadeiro nome era Celis Pérez, cuja ordem foi mudada ainda na época de escola.

Considerado um dos maiores expoentes latino-americanos do Neo-Impressionismo, Pérez Celis se iniciou na pintura durante a adolescência, e preparou sua primeira exposição aos 17 anos.

Ele viveu e trabalhou em Buenos Aires, Montevidéu, Lima, Caracas, Paris e Nova York, e nos últimos anos dividia seu tempo entre a capital argentina e Miami (Estados Unidos).

Suas obras integram importantes coleções em centros como o Museu de Arte Moderna de Buenos Aires e o Museum of Modern Art de Nova York (MOMA).

O artista se casou três vezes, e teve dois filhos: a atriz María José Gabín e o desenhista Sergio Pérez Fernández. EFE mar/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.