Marselha, França - Ladrões roubaram cerca de 30 pinturas de um acervo particular no sul da França. Entre as obras estava uma tela de Pablo Picasso e outra do pós-impressionista Henri Rousseau, afirmou a polícia neste sábado. Uma fonte judicial disse que os quadros equivalem a US$ 1,43 milhão. O roubo foi descoberto na quinta-feira pela pessoa que tomava conta da residência, localizada no vilarejo La Cadiere dAzur.

O proprietário estava em viagem à Suécia, mas retornou à França para ajudar nas investigações.

Este foi o segundo grande roubo na região nos últimos dias, mas não há evidências de que os dois roubos estejam relacionados. Um desenho do impressionista Edgar Degas foi roubado de um museu na noite da última quarta-feira. A polícia afirmou que o trabalho em pastel foi avaliado em 800 mil euros.

Leia mais sobre roubos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.