PF vai entregar à Justiça provas do caso BNDES

A Polícia Federal tem 5 dias para entregar à Justiça todo o acervo de provas recolhidas pela Operação Santa Tereza, missão integrada da PF com a Procuradoria da República que envolve o deputado Paulinho da Força (PDT-SP) em suposto esquema de desvio de verbas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A ordem foi dada por Silvia Rocha, juíza-titular da 2.

Agência Estado |

ª Vara Criminal Federal em São Paulo, onde tramita ação penal contra 13 acusados de integrarem a organização criminosa, entre advogados, empresários e lobistas - Paulinho não é réu nesse processo porque tem foro privilegiado perante o Supremo Tribunal Federal, que abriu investigação contra ele.

A PF terá de enviar à Justiça a coleção completa dos arquivos de áudios relativos a grampos realizados até depois da deflagração da operação e correspondências eletrônicas copiadas dos HDs dos computadores dos investigados.

Silvia Rocha tomou a medida para normalizar o andamento do processo e evitar que relatórios policiais continuassem sendo juntados aos autos na véspera das audiências de interrogatório dos réus. Ela estava preocupada até com a possibilidade de nulidade da ação. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG