PF suspende desocupação em terra indígena em RR até segunda

São Paulo, 9 - A operação de retirada de não-índios da terra indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, terá uma trégua até segunda-feira, informou hoje o superintendente da Polícia Federal (PF) no Estado, José Maria Fonseca. A informação foi divulgada após uma reunião entre policiais federais e representantes dos arrozeiros que têm plantações na área.

Agência Estado |

"Eles pediram um prazo até segunda-feira, quando voltaremos a sentar para definir como será a desocupação", afirmou o superintendente, reiterando que o acordo com os arrozeiros será respeitado. "Até segunda-feira não tem surpresa e não há enganação."

A terra indígena Raposa Serra do Sol foi homologada há três anos e no dia 27 de março começou a Operação Upakaton 3, da PF, para retirar da área pequenos proprietários rurais, alguns comerciantes e um grupo de grandes produtores de arroz, que resistem à desocupação. Nos últimos dias arrozeiros e índios contrários à retirada fizeram várias manifestações, queimaram pontes e bloquearam estradas. As informações são da Agência Brasil.

    Leia tudo sobre: índios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG