PF recebe 6 computadores da Casa Civil para perícia

A Polícia Federal (PF) recebeu ontem mais seis computadores e um pen drive da Casa Civil. Todos serão periciados na investigação do vazamento de dados sigilosos dos gastos feitos pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e pela ex-primeira-dama Ruth Cardoso.

Agência Estado |

Com isso, já são 13 os computadores do Palácio do Planalto recolhidos pela Polícia Federal desde a semana passada para perícias. Essas novas máquinas, usadas pelos funcionários do Palácio em suas atividades corriqueiras, quando não estavam formatando o suposto dossiê, serão importantes para a apuração, porque a perícia nos primeiros computadores foi insuficiente, de acordo com investigadores, para chegar à "ponta da linha".

Peritos já haviam dito que os servidores usavam a mesma senha para abrir os computadores, o que dificultaria a identificação do responsável pelo vazamento. Por isso, disseram, novas máquinas poderiam ser periciadas e depoimentos dos envolvidos seriam necessários para mostrar quem foi o responsável pela divulgação dos números. O pen drive, conforme informações recebidas pelo delegado Sérgio Menezes, da PF, será também periciado porque, de acordo com dados da própria Casa Civil, era nele que todos os números de gastos feitos no governo Fernando Henrique foram salvos. E foi baseado nesse pen drive que os seis servidores foram designados para a montagem do suposto dossiê. Existe ainda a possibilidade de que o pen drive tenha sido usado para vazar os dados, uma forma de apagar o rastro do vazamento, de acordo com peritos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG