PF realiza ação para desarticular grupo que vendia ilegalmente diamantes para o exterior

RIBEIRÃO PRETO ¿ A Polícia Federal realiza nesta quarta-feira uma operação para desarticular uma organização criminosa internacional voltada para o comércio ilícito, no Brasil e no exterior, de diamantes brutos e lapidados sem procedência legal. No total, foram expedidos pela 2ª Vara Federal da Justiça Federal de Franca (SP) dez mandados de prisão preventiva e outros 31 de busca e apreensão.

Redação |

De acordo com a PF, os mandados estão sendo cumpridos nos Estados de São Paulo e Minas Gerais. Segundo as investigações, a atuação do grupo criminoso concentra-se principalmente no município de Franca, no interior de São Paulo, com ramificações na capital paulista e em São José do Rio Preto, além de Frutal e Uberlândia, em Minas Gerais.

A PF informou que a organização criminosa recebia os diamantes ilegais de fontes diversas e, posteriormente, os vendia através de remessas clandestinas a compradores estrangeiros situados em países da Europa, Oriente Médio e América Central. As investigações da Polícia Federal também mostraram que os integrantes da quadrilha realizavam operações de câmbio não autorizadas.

Leia mais sobre: venda de diamantes

    Leia tudo sobre: diamantespolícia federal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG