PF prende servidor do INSS e mais quatro por crimes contra a Previdência

SÃO PAULO - A Polícia Federal de Ribeirão Preto prendeu, na manhã desta quarta-feira, cinco pessoas em uma operação com o objetivo de desmontar uma quadrilha que, supostamente, cometia crimes contra a Previdência Social. Entre os detidos está um servidor do INSS.

Redação |

Acordo Ortográfico

De acordo com a polícia, o grupo teria causado um rombo de mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos. Nomeada como 24 de Janeiro, a ação cumpriu outros 7 mandados de busca e apreensão.

Segundo as investigações, que começaram há seis meses, a suposta quadrilha aliciava pessoas doentes a querer o auxílio-doença do INSS, mesmo sem estar contribuindo para a Previdência.

Com contatos dentro da instituição, eles contornavam a situação e recebiam pelo menos as parcelas iniciais do benefício. De acordo com a PF, o suposto esquema não contava com a participação de peritos.

Leia mais sobre: Polícia Federal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG