Quinze pessoas foram detidas, entre elas o bicheiro Anísio Abraão Davi, presidente de honra da escola de samba Beija-Flor, e um policial federal lotado na Superintendência do Rio, durante a operação 1357, da Polícia Federal. A operação foi deflagrada na manhã de hoje e visa cumprir 16 mandados de prisão e desbaratar uma quadrilha de estelionatários que explorava máquinas de caça-níqueis e lavava dinheiro em Natal, no Rio Grande do Norte.

Em 2007, Anísio foi um dos bicheiros presos pela Polícia Federal na Operação Hurricane, acusado de ter ameaçado jurados para que dessem o título à sua escola de samba. Deflagrada no dia 13 de abril, a Hurricane teve como objetivo desarticular uma organização criminosa que atuava na exploração do jogo ilegal e cometia crimes contra a administração pública.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.