PF prende finlandês acusado de crimes financeiros

Agentes da Interpol e da Polícia Federal (PF) prenderam no Rio de Janeiro o finlandês Juha-Pekka Koykaka, de 39 anos, foragido há cinco anos por crime financeiro em seu país natal. Segundo a PF, Koykaka foi responsável por uma fraude financeira milionária na Finlândia, que pode ter gerado perdas em torno de 1,6 milhão de euros.

Agência Estado |

No ano passado, representantes da Interpol no Brasil receberam informações da presença do foragido no País e começaram as investigações. O finlandês estava há dois meses no Rio de Janeiro, onde passou o réveillon, hospedado em um hotel de luxo em Copacabana, na zona sul.

Agentes federais do Grupo de Investigações Sensíveis (Gise) de Brasília também participaram da prisão. O foragido não ofereceu resistência. Após efetuar exames no Instituto Médico Legal (IML) do Rio, foi levado para a sede da PF na cidade, sendo transferido em seguida para o presídio Ary Franco, em Água Santa. Ainda de acordo com a PF, o destino final de Koykaka será decidido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que julgará o pedido de extradição do criminoso.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG