A Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, prendeu na tarde de ontem um estrangeiro que transportava cocaína em um colete preso ao corpo. De acordo com a PF, o suspeito embarcaria para Belo Horizonte, em Minas, e de lá seguiria para Bruxelas, na Bélgica, seu país de origem, com 2,5 quilos de cocaína.

A droga estava acondicionada em pacotes presos com esparadrapo cirúrgico na região de seu abdômen. Ele responderá por tráfico internacional de drogas e, se condenado, poderá cumprir de cinco a 15 anos de prisão.

Essa é a sexta apreensão do gênero realizada neste ano em Congonhas. Ao todo, já foram apreendidos 15 quilos de droga. O objetivo dessa nova estratégia é escapar do intenso trabalho de fiscalização realizado pela PF no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.