PF prende dezoito em ação contra tráfico em três Estados

SÃO PAULO - A Polícia Federal (PF) prendeu, na manhã desta sexta-feira, 18 pessoas durante a operação Boi Branco que visa combater o trafico de entorpecentes e lavagem de dinheiro obtido com o crime.

Redação com Agência Estado |

Acordo Ortográfico

Durante quatro meses de investigações, constatou-se que a quadrilha movimentou aproximadamente R$ 7 milhões com o esquema. Agora a PF tenta cumprir o último mandado em Rondonópolis, Mato Grosso do Sul. Além das prisões, foram executados 26 mandados de busca e apreensão nos Estados de Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo.

Os suspeitos de participação nos crimes são empresários e criminosos já conhecidos, além de um policial civil preso em agosto deste ano quando transportava cerca de 3 kg de cocaína da cidade de Cáceres para Rondonópolis.

Parte do grupo é suspeito de ser responsável pelo tráfico. De acordo com a PF, os empresários teriam a função de reinvestir o dinheiro "sujo" em diversos negócios e transações, transformando os recursos ilícitos em dinheiro aparentemente "limpo".

As investigações começaram com a prisão de um traficante em junho de 2007, na cidade de São José dos Campos/SP. O preso levou a equipe da PF a descobrir um laboratório de refino em Tremembé, em São Paulo.

O nome da operação Boi Branco deve-se ao fato de que o grupo referia-se ao tráfico de entorpecentes como compra e venda de gado.

Leia mais sobre: Polícia Federal

    Leia tudo sobre: polícia federal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG