PF prende cantor sertanejo suspeito de tráfico em SP

A Polícia Federal (PF) de Jales, interior de São Paulo, confirmou hoje o nome do cantor sertanejo preso ontem por suspeita de tráfico de drogas na divisa entre São Paulo e Mato Grosso do Sul. De acordo com a PF, trata-se de Glaucinei José de Queiroz, de 40 anos, que fazia dupla com o irmão Glaucimar.

Agência Estado |

A dupla fez sucesso em 1993, porém entrou em decadência depois que Glaucimar foi preso em São Paulo por tráfico de drogas.

Glaucinei e um outro homem foram detidos transportando 7 quilos de cocaína escondidos no tanque de combustível de um veículo. A prisão ocorreu perto da Ponte Rodoferroviária, no lado paulista. No momento da abordagem, um dos investigados fugiu. Foram feitas buscas na região, mas o fugitivo não foi localizado.

Esquema

Ainda segundo a PF, investigações preliminares indicavam que dois irmãos do município de Santa Fé do Sul, também no interior paulista, estariam traficando cocaína que era adquirida no município de Corumbá, no Mato Grosso do Sul.

A dupla contaria com o apoio de um motorista do município de Campo Grande, que foi preso com o cantor. A droga era transportada até uma chácara, onde era retirada dos veículos e armazenada para posterior distribuição na cidade e região.

O cantor e o motorista prestaram depoimento durante a madrugada e nesta manhã foram levados para a cadeia de Santa Fé do Sul. Os dois responderão pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Se condenados, poderão pegar pena que varia entre cinco e 25 anos de prisão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG