FOZ DO IGUAÇU - Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Federal de Foz do Iguaçu, a operação Quatro Fronteiras prendeu na noite desta quarta-feira (9) o único foragido da quadrilha, um brasileiro. A operação foi deflagrada no último dia 28 de junho, quando mais de 800 quilos de maconha foram apreendidos e sete pessoas foram presas: três paraguaios e quatro chilenos.

No último dia 10 de junho um caminhão frigorífico com placa chilena chegou ao Brasil pela Ponte Internacional da Amizade, na fronteira com o Paraguai, segundo informações dadas pela polícia. Cerca de 835 quilos de maconha estavam escondidos na carroceria do veículo, que foi monitorado a todo momento.

Depois de oito dias em território brasileiro, a droga foi transportada para o Paraguai, de onde seguiu para o Chile. Em Santiago, sete traficantes foram presos. Policiais argentinos e paraguaios ajudaram no monitoramento do caminhão. Após investigações, a polícia concluiu que traficantes chilenos seriam os compradores da droga, fornecida por paraguaios. O brasileiro seria o responsável pela ocultação da maconha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.