PF prende 6 suspeitos de assaltar carteiros para clonar cartões

Operação Positus cumpre 17 mandados de busca e apreensão em cidades do Rio Grande do Sul

iG São Paulo |

A Polícia Federal do Rio Grande do Sul prendeu seis pessoas, na manhã desta terça-feira, durante a Operação Positus, com o objetivo desarticular uma quadrilha que assaltava carteiros para obter correspondências e realizar fraudes com cartão de crédito e cheques.

Segundo a PF, um funcionário do Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas (CTCE) dos Correios em Porto Alegre era o responsável por repassar o material aos demais integrantes do grupo, que desbloqueavam os cartões e utilizavam em compras na Grande Porto Alegre.

Os dados pessoais dos cidadãos eram obtidos em sites de consulta comercial. Parte do dinheiro arrecadado pela quadrilha retornava ao funcionário, que já havia sido investigado pela Polícia Civil pelo mesmo delito e teve, com a deflagração da Operação Positus, o afastamento das funções determinado pela Justiça Federal.

A investigação começou em abril de 2010 com a ocorrência de assalto a um carteiro. A partir daí, a PF identificou a maneira como a quadrilha atuava. A operação teve o apoio dos Correios, através da Gerência de Segurança, que inclusive repassou imagens do funcionário subtraindo material de dentro do CTCE.

    Leia tudo sobre: correiosfraudecartõesoperação positus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG