PF prende 3 PMs que facilitavam fuga de presos no AP

Três policiais militares foram presos na manhã de hoje durante a Operação 9mm da Polícia Federal, acusados de facilitar fugas de presos do Instituto Penitenciário de Macapá (Iapen), além de traficar armas e drogas. Foram presas também seis pessoas envolvidas com o pagamento de subornos aos policiais.

Agência Estado |

Foram aprendidas armas como fuzil, revólver, munições e colete balístico, além de um quilo de maconha. Segundo a PF, após seis meses de investigações, constatou-se que alguns policiais militares que trabalhavam no presídio no Amapá facilitavam a fuga de presos mediante pagamento de suborno.

Depois da fuga, os policiais vendiam armas aos foragidos. Há indícios de que as armas tenham sido usadas em ações criminosas nos Estados do Maranhão e do Pará. Pelo menos três fugas foram facilitadas pela quadrilha, de acordo com a PF, colocando cerca de oito presos para fora do Iapen. Uma delas ocorreu dia 11 de novembro de 2008, as outras aconteceram nos dias 1º de janeiro e 4 de fevereiro deste ano. A Operação 9mm conta com 70 policiais federais e 20 policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), que cumpriram 13 mandados de busca e apreensão e 9 mandados de prisão preventiva expedidos contra a quadrilha.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG